Site Ninfeta tesuda

Anna Nicole Smith pelada e fodendo no documentário

Anna Nicole Smith pelada e fodendo no documentário – Fotos e vídeo com um documentário com cenas de sexo da famosa atriz e Playmate Anna Nicole Smith pelada e fodendo, dando sua buceta gostosa – Documentário completo, com quase 1 hora de duração !

Nicole foi modelo, atriz e era uma das queridinhas do Hugh Hefner, o dono da Playboy americana, e obviamente posou pelada várias vezes para a Revista Playboy. A loirassa faleceu aos 39 anos, aparentemente em consequência de uma overdose de medicamentos prescritos (sedativos).

O último vídeo é o backup do vídeo do Xvídeos, caso o mesmo seja deletado, como acontece frequentemente.

Anna Nicole Smith pelada e fodendo no documentário


Anna Nicole Smith pelada

Anna Nicole Smith pelada

Anna Nicole Smith pelada

Biografia e Vida pessoal, via http://pt.wikipedia.org/wiki/Anna_Nicole_Smith

Anna Nicole Smith, nome artístico de Vickie Lynn Hogan, (Houston, 28 de novembro de 1967 — Hollywood, 8 de fevereiro de 20071 ) foi uma atriz e modelo erótica e ganhou popularidade em ensaio da revista Playboy em 1993.

Primeiro ganhou popularidade na Playboy, tornando-se a Playmate do Ano 1993. Posou para as empresas de vestuário, incluindo jeans Guess e Lane Bryant. Ela também estrelou seu próprio reality show, The Anna Nicole Show.

Nascida e criada no Texas, Smith abandonou a escola e era casada com 19 anos de idade.Casou primeiro com um cozinheiro, logo depois teve seu 2° casamento, amplamente divulgado, com o executivo de negócios de petróleo e magnata dos negócios J. Howard Marshall II, com 89 anos, que morreu menos de um ano depois do casamento. Resultou em especulações de que ela se casou com o octogenário pelo seu dinheiro, o que ela sempre negou. Depois de sua morte, ela começou uma longa batalha legal sobre uma parcela de sua propriedade; seu caso, Marshall v. Marshall, atingiu o Supremo Tribunal estadunidense sobre uma questão de competência federal.

Ela morreu aos 39 anos, aparentemente em consequência de uma overdose de medicamentos prescritos(Sedativos). Nos meses que antecederam sua morte, ela foi o foco da cobertura da imprensa renovada em torno da morte de seu filho, Daniel Smith, e da paternidade e a batalha pela custódia de sua filha Dannielynn.